FREELAS
freelasconecta 30 de Julho de 2022

O DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE E A SORORIDADE FEMININA

dia_internacional_da_amizade

Entenda a importância da amizade feminina e como a sororidade é fundamental para ter uma sociedade de mulheres mais unidas.

O que é sororidade?

Muito provavelmente em algum momento você já foi ao Google pesquisar: "O que é Sororidade?". Em 2020, a participante do Big Brother Brasil, atriz e cantora, Manu Gavassi utilizou a palavra "sororidade" ao justificar o seu voto em um colega de confinamento. Segundo o Estadão, a busca pela palavra no Google aumentou em 250%.

Você deve estar se perguntando: "Mas qual a origem dessa palavra?". Antes de recorrermos ao velho e bom dicionário, vamos entender a palavra de forma histórica.

A ativista Kate Millet, em 1970, propôs a palavra sororidade no feminismo, a fim de unir mulheres independente da sua religião, etnia, classe social e gênero. Desde então, essa palavra se tornou um alicerce entre as feministas, sendo usada sempre que necessário para relembrar as pessoas sobre a importância da união feminina.

Segundo o dicionário, a Sororidade é a relação de irmandade, união, afeto ou amizade entre mulheres, assemelhando-se àquela estabelecida entre irmãs. Em latim existe a referência soros, traduzida como irmandade, da qual se soma ao sufixo -dade que significa pertencer a um grupo.

faq_manu_prior

A sororidade e o feminismo andam lado a lado

A sororidade e o feminismo estão ligados, indo na contramão dos pensamentos arcaicos de que exista uma rivalidade feminina.

Este pensamento tem origem na construção social de que não há amizade entre mulheres. Desta forma, crescemos em uma sociedade que fomenta a competitividade entre elas.

A luta do feminismo, junto com a sororidade, é a de conscientizar nós mulheres, que a igualdade de gênero, de oportunidades, de salários e entre outros preconceitos que as mulheres enfrentam, só acontecerá através da união feminina.

A amizade entre mulheres precisa vir acompanhada de empatia, solidariedade, respeito e companheirismo, conceitos que estão ligados à sororidade. Palavras pequenas, mas que carregam grandes significados.

Você já ouviu falar do " Vamos Juntas?". A iniciativa desse projeto, que se tornou um livro, escrito pela jornalista Babi Souza, traz uma grande lição de que para praticarmos boas ações entre mulheres, não precisa haver vínculos íntimos, pelo contrário, basta ser mulher e se apoiar.

O livro "Vamos juntas- O guia da sororidade para todas", conta com depoimentos de mulheres que em algum momento passaram por alguma situação desconfortável, situação que infelizmente toda mulher passa no dia a dia. A jornalista escreveu este livro quando, voltando tarde da noite do serviço, precisando passar em uma rua escura, olhou para trás e, vendo outras mulheres, perguntou: "E se fossemos juntas?". Como mulheres, podemos nos respeitar e aceitar nossas diferenças, vencendo a cada dia a opressão de rivalidade que nos foi colocada.

Mas afinal de contas, existe amizade entre mulheres?

Há quem diga que somente os homens possuem amizades verdadeiras. Mas você sabia que as mulheres são mais parceiras que os homens? A Universidade de Manchester, na Grã-Bretanha, realizou uma pesquisa e obteve como resposta que as mulheres tendem a ter amizades mais duradouras, independentemente da distância geográfica ou classe social. Já os homens baseiam as suas amizades quando o assunto é beber socialmente e estão mais interessados nos benefícios que aquela "amizade" pode proporcionar.

A amizade feminina consiste na união, parceria e respeito, até porque, mulheres unidas jamais serão vencidas. Mexeu com uma? Mexeu com todas! A pessoa que lute para saber lidar com as consequências das amigas e mulheres que se solidarizam umas com as outras.

Para as que curtem séries, vamos de indicação? A série The Bold Type, disponível na Netflix, narra a história de três amigas que trabalham em uma revista de moda em Nova York e lidam com os desafios profissionais e pessoais, mas sempre se apoiando e deixando de lado todo tabu de competição e rivalidade feminina.

Praticando a sororidade no dia a dia:

1. Seja empática

Trate as mulheres ao seu redor como gostaria de ser tratada, independentemente de estar em um dia bom ou ruim. Empatia não é só abrir a porta para alguém passar. Ela é sobre detalhes também e sobre buscar se colocar no lugar do outro. Como auxiliar uma colega de trabalho que está com alguma dificuldade ou ajudar a vizinha que chegou com as compras pesadas.

2. Elas não são suas adversárias

Tire isso do seu pensamento. Mulheres são amigas, parceiras, e, unidas, vamos longe. Entenda que as mulheres têm um poder incrível de influenciar outras com a sua alegria, amizade e, principalmente, com a sua força. Nós podemos e devemos nos ajudar! Lembre-se: uma sobe e puxa a outra, certo?

3. Fortaleçam o trabalho umas das outras

Quando se trata de trabalho, que tal a gente se fortalecer? Divulgando e parabenizando o trabalho uma das outras?

O FREELAS fortalece a ideia do: "vamos juntas?". Por isso, aproveitamos o Dia Internacional da Amizade e estamos lançando uma promoção per(feita) para você celebrar o conceito da sororidade.

Indique o FREELAS para suas amigas!

Só neste mês, você e todas as suas amigas que se cadastrarem na plataforma ganharão isenção de taxa no primeiro serviço! Massa, né?

E ainda tem mais! Vamos dar acesso liberado para todas ao curso "Formação para os Novos Tempos".

Para participar é facil facil! Basta enviar o seu código de indicação ou link de indicação que estão presentes na lateral direita do seu perfil no nosso portal.

Tem forma melhor de celebrar a amizade feminina?

Assim, você convida suas amigas a fazerem parte dessa rede incrível, ganha benefícios e ainda pratica a empatia, ajudando o FREELAS a impactar a vida de cada vez mais mulheres!

Lembrando que essa promoção tem validade de um mês, beleza? Aproveita!

Dica do FREELAS para você:

Curta esse dia rodeada de amigas. Chame elas para assistir The Bold Type, peçam uma pizza, comam um bom brigadeiro de panela, troquem experiência de vida e fortaleçam o que há de melhor em nós mulheres: a amizade verdadeira. Viva a amizade feminina!

Maria Mariana Maria Mariana é coordenadora de Comunicação e Marketing do FREELAS e mestre em política social pela Universidade de Lisboa. É comunicóloga, publicitária e pesquisadora de Responsabilidade Social Corporativa e Desenvolvimento Sustentável.
Caroline Lira Caroline Lira é estagiária de Comunicação no FREELAS e graduanda em Publicidade e Propganda no Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP).

Últimos posts

Ver todos

Gostou das dicas? Deixe seu comentário.

0 comentários.