FREELAS
freelasconecta 22 de Setembro de 2022

Carta da CEO: Um Mês do Desafio Parcerias pela Equidade

carta_da_ceo

Já é tempo de celebrar?

Querida rede FREELAS Conecta,

Como vocês sabem, diante da impossibilidade de celebrar o Dia Internacional da Igualdade Feminina, uma vez que estamos longe de alcançá-la, o FREELAS Conecta, há um mês, lançou o Desafio Parcerias pela Equidade.

Em função disso, convidamos 53 organizações que firmaram algum tipo de compromisso com a equidade de gênero a se unirem ao FREELAS Conecta nesta missão. Desde então, conseguimos conversar com algumas empresas e avançar em parcerias significativas.

Infelizmente, ainda vivemos em uma realidade onde o discurso sobre diversidade e inclusão, embora tenha grande repercussão midiática, poucas vezes se traduz em ações práticas e efetivas por parte das organizações.

Quando falo isso, me refiro, por exemplo, às infinitas exigências que muitas delas impõe em suas "vagas inclusivas", que não condizem com o processo histórico de opressão ao qual os grupos subrepresentados no mercado ainda estão submetidos. Falo também sobre manifestações de interesse que são, por vezes, vazios, já que não vêm acompanhados de um plano de ação claro, com definição de metas, métricas e processos estruturados para que estes objetivos sejam alcançados.

A verdade é que ainda precisamos avançar muito! Não basta ter um setor de Diversidade e Inclusão, é preciso ter compromisso e responsabilidade. Os consumidores estão mais conscientes, as marcas, por sua vez, precisam se ajustar, mudar sua postura. Entretanto, enquanto Diversidade, Equidade e Inclusão não forem incorporados como parte da estratégia das organizações, pouco seremos capazes de realizar.

Para os negócios de impacto, é preciso trazer os dados certos, convencer os tomadores de decisão que Diversidade, Equidade e Inclusão são, hoje, inteligência de mercado. Para os colaboradores, é preciso estar atento ao compromisso real dos negócios aos quais se associam. Entender o quanto as bandeiras por eles levantadas não compõem mais uma estratégia de marketing, mas um engajamento honesto com uma causa. Para as pessoas, é preciso demandar ainda mais. Consumir de forma consciente, exigir representatividade, boicotar atitudes arbitrárias. Só assim poderemos avançar no ritmo que precisamos.

Do lado de cá, seguimos firmes e fortes na missão. Em breve, com mais novidades, mas lembrando sempre o quanto ainda precisamos progredir. Estado, pessoas e organizações.

Nós, do FREELAS Conecta, estamos aqui fazendo a nossa parte. E o meu convite agora é para que você faça o mesmo. Quais são as causas que você defende? Em que iniciativas acredita? O que está fazendo para apoiá-las? Se queremos gerar transformações efetivas, precisamos caminhar juntos. Esse é o único caminho possível.

Para saber mais sobre o Desafio Parcerias pela Equidade, leia:

Sophia Prado, CEO & Founder do FREELAS, doutoranda em antropologia na Universidade Federal Fluminense, onde pesquisa o empreendedorismo feminino como forma de resistência. É advogada, cineasta e uma das fundadoras do hub criativo ColetivA DELAS.

Últimos posts

Ver todos

Gostou das dicas? Deixe seu comentário.

0 comentários.